"Persistência é meu lema. Nada será impossível para quem a possui."

Na certidão, Otelio Drebes. Gosto do meu nome, escolhido por meu pai, com aval da minha mãe. Decisão importante esta do nome, pois você o carregará para sempre. Mas quem você é vai além. São os registros que você vai deixando pelo caminho. Desde a tenra idade.

Com mais de 80 anos, continuo me sentindo um menino. Não porque negue a idade e o valor que o passar dos anos trouxe para minha vida. Mas pelo viver o agora, com vontade da descoberta, me reinventado com alegria e simplicidade. Como faz uma criança. Intensa e completamente.

Se pensar que, aos 6 anos, não sabia falar uma palavra em português e que, hoje, estou decidido a desbravar o mundo das palestras, sinto-me um vitorioso. Pleno, cheio de vontade de viver. Tenho na memória o dia exato em que descobri que tinha jeito para negociar. Na colônia gaúcha, caminhava mais de 4km para vender rapadura. E já sentia o gosto de ganhar dinheiro. Foi ali que me deparei com toda a complexidade de um negócio, desde a escolha da matéria-prima ideal até lidar com a concorrência.

Daí para fundar a Lebes, minúscula no começo, até transformá-la em uma grande rede de varejo, com 60 anos de existência, muitos rios atravessei. Organizar um processo de governança, preparar a empresa para mais 50 anos e fazer meu sucessor é algo que me orgulha e emociona. Mas, se tivesse que escolher algo que me move, é o “gostar de gente”.

Falam tanto em segredos e dicas, há obras e obras dedicadas a ensinar como ser bem-sucedido e feliz. Para mim, é muito simples. Tudo passa por isto: gostar de gente, escutar, dar oportunidade, agradecer, se comunicar, ser ávido em aprender e se desafiar. Em qualquer tempo. Persistência é meu lema. Nada será impossível para quem a possui.

A família é o meu maior tesouro – casei cedo, tenho três filhos lindos, 6 netos, 2 bisnetos e uma história bonita que durou 48 anos.

Despedidas fazem parte, como também oportunidade de construir uma nova história, ao lado de alguém especial, que me faz feliz.

Minha escola foi e continua sendo a vida. Tenho muitos projetos por vir. Bastante a realizar. Mas, como sempre digo, dando um passo de cada vez, com agilidade. E sempre para frente.

 

Bem-vindo à minha história.